The Sims 4 - Primeiras Impressões.


O primeiro jogo que vou falar esse ano foi justamente o último que joguei ano passado: The Sims 4.

Como no fim esse post acabou ficando gigante, eu vou dividir em duas partes. Nessa eu vou falar das primeiras impressões do jogo, sobre a construção do Sim e das casas. No próximo, sobre interações dos Sims, diferenças e outros detalhes do jogo! ^^

Eu nunca fui assim muito interessada em The Sims, eu só comecei a jogar o The Sims 3 quando o 4 já havia sido anunciado, porque comprei num pacote do Humble Bundle a um preço muito barato, e o The Sims 2, que a Origin deu de graça ano passado, eu mal joguei (não por minha culpa, ele ficava fechando na minha cara a cada 5 minutos, então larguei mão). Não nego que o que mais me interessa no jogo é ficar editando a cidade, construindo casas, lotes comunitários e etc. Mas o jogo tem lá os seus atrativos e apesar de sempre enjoar depois de um tempo, fico meio que jogando direto sem parar, hehe.

Foi dito muita coisa sobre o The Sims 4, principalmente sobre o quanto ele estava diferente. Eu só não fazia ideia do quão diferente ele estava.

A primeira coisa que você nota no jogo é o quanto a parte de criar seus sims mudou. Você não tem mais os controlezinhos deslizantes para ajustar tamanhos, alturas e larguras nos detalhes do rosto, é tudo na base de clicar com o mouse e sair puxando as partes do Sim como massinha de modelar.

Fica vermelho quando você puxa até o limite.
Embora fazendo assim eu tenha achado que ficou mais limitado para moldar o rosto, para moldar o corpo ficou muito melhor. Você pode aumentar ou diminuir a barriga do Sim, independente dele ser magro ou gordo, ajustar cintura, grossura da coxa, tamanho do pé, etc.

Escolher o cabelo como sempre continua um saco para quem tem cabelo cacheado ¬¬






Mas agora, pelo menos, você pode usar chapéus com qualquer tipo de cabelo. E tem uns modelos bem legais tipo... o cabelo da Léia! :D


Na hora de escolher a roupa, temos aquelas ocasiões de sempre (casual, formal, etc), mas agora tem ainda a opção para roupa de festa. E você também pode escolher estilos prontos, que vem com roupa, acessórios e maquiagem já pré-definidos. O estilo Princesa Léia completo também estava lá, hehehe!


Nessa parte de escolher as roupas, achei meio ruim o fato de a cada nova ocasião que eu clicava, minha Sim aparecia toda cheia das maquiagens e acessórios e eu tinha que ficar tirando tudo para montar a minha aparência. Fora as roupas sugeridas que eram ó, horríveis xD

Look lindo, arrasou! Só que não.
Finalizada toda essa parte de mexer na aparência da Sim, a gente podia definir ainda o modo de andar dela. As opções eram bem engraçadas, hahaha!


Assim que o jogo passa para a parte de conseguir uma casa, você leva meio que um susto ao se deparar com um mapa estilizado. Cadê a cidade?

A cidade agora foi dividida em lotes. Tem os lote comunitários, os residenciais e tudo o que você pode visitar é exatamente isso que você vê aí. Uma meia dúzia de casa e prédios comunitários. Bem pouca coisa. Não tem mais cinema, lanchonete, livraria ou supermercado.


Você pode se deslocar dentro desses lotes com alguma limitação e para ir de um para o outro, só usando a opção "viajar" no celular ou abrindo o mapa (apertando a letra "M" no teclado). E as compras você faz direto pelo computador ou pela sua geladeira, quando for cozinhar. Aliás, os pratos custam dinheiro mesmo que você tenha os ingredientes. Sacanagem :P

Para ajudar um pouco, tem o tutorial que vai aparecendo para te guiar, então você não fica muito perdido quando começa.

Como sempre, você pode começar comprando casas ou lotes vazios, e para construir ou modificar sua casa você só tem um modo agora, já que loja e construção foram mesclados em um só. Muita coisa mudou na hora de construir a casa. E para melhor!

No modo construção você pode comprar cômodos completos para a sua casa, caso você não esteja com paciência para ficar construindo e decorando (como pode existir ser humano que não goste dessa parte D:) e agora além da possibilidade de mover as paredes, você pode mover um cômodo inteiro ou até a casa toda, se você quiser :D


Com essa separação da casa por cômodos, você também pode salvar tanto a casa completa como um cômodo só na biblioteca, e compartilhar com outros jogadores assim.


A fundação da casa é a única parte que eu não gostei. Ela é uniforme para o terreno todo, ou seja, ou todas as construções (mesmo cômodos independentes) têm uma fundação ou não têm. A altura da fundação pode ser editada, mais alta ou mais baixa, bem como a altura das paredes. E com as paredes podendo ter até três tamanhos, a altura das janelas, luminárias, quadros e outros objetos também podem variar. Agora dá para colocar um quadro em cima do outro e isso é tão emocionante!!

Quando The Sims 4 foi lançado não havia piscinas, mas a reclamação foi tanta que elas foram lançadas numa atualização gratuita um tempo depois e nas novas versões do jogo elas já estão lá. A mesma ausência notada foram dos carros e das bicicletas. Eles existem no jogo, você vê os carros circulando para lá e para cá, mas não pode usar ou ter nenhum. E quando você dá um zoom out no lote que você está, você vê quadras e mais quadras de casas que não estão acessíveis. Ou seja, a cidade é muito maior do que você tem acesso agora!

Veja quantas casas você não pode visitar!
Com isso e com outros detalhes que eu vou comentar na segunda parte dessa resenha de The Sims 4, a impressão toda que eu tive é que o jogo ainda está muito incompleto. Sim, eu sei que tem todos aqueles pacotes de expansão que eles vão lançando ao longo do tempo, mas mesmo o jogo básico do The Sims 3 ainda dava para fazer muita coisa divertida, que no 4 não dá. Um exemplo? Se você faz amizade com algum Sim que não mora em nenhuma das casas que aparecem na cidade, você não pode visitá-lo. Nada divertido.

Aliás, sobre esses Sims extras sem-teto na cidade e outras coisinhas vou deixar para comentar no próximo post sobre The Sims 4. Até lá! :D


Mais informações:





Nome: The Sims 4
Desenvolvedora: Maxis e The Sims Studios
Publicado por: Eletronic Arts
Distribuído por: Eletronic Arts
Plataformas: PC
Data de lançamento: 04/09/14 (no Brasil)

Web:
Site oficial (em português)
The Sims 4 na loja da Origin
Demo: Criar um Sim (com para conhecer o novo modo de criar um sim)
Techtudo: Lista de cheats e códigos para The Sims 4

8 comentários:

  1. Maria Fernanda, adorei a sua resenha do TS4! Eu confesso também que adoro construir as cidades e montar personagens... tenho uma certa preguicinha de cuidar da vida do povo kkkkk eu jogo pelo iPad... não é tão complexo quanto o do PC mas é legal (e de graça), haha. To agora fissurada em Sim City, que lançou recentemente para iOS e estou adorando!

    Beijocas,
    Aninha

    madlyluv.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim City é um jogo que eu estou me segurando faz tempo para não comprar, porque sei que vou viciar na hora xD

      Excluir
  2. Maria Fernanda, adorei a sua resenha do TS4! Eu confesso também que adoro construir as cidades e montar personagens... tenho uma certa preguicinha de cuidar da vida do povo kkkkk eu jogo pelo iPad... não é tão complexo quanto o do PC mas é legal (e de graça), haha. To agora fissurada em Sim City, que lançou recentemente para iOS e estou adorando!

    Beijocas,
    Aninha

    madlyluv.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei tua resenha de TS4, e vou te dizer que as mesmas impressões que você teve foram as minhas. Gostei bastante do modo de edição dos sims, mas senti muita falta das enormes possibilidades de interação com a cidade que tínhamos no TS3. Estou quase optando por voltar pra versão anterior, mas quem sabe as futuras expansões não consigam consertar essas pequenas falhas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que as expansões consertem mesmo essas falhas, porque o jogo deu uma regredida meio triste em alguns aspectos. Sinto falta de sair explorando a cidade como eu fazia no 3 :(

      Excluir
  4. Eu jogo the sims desde 1. Não posso dizer que consegui dominar tudo em todas as versões dele, mas o 3 eu lembro de ter achado extremamente parecido com o objetivo do 1 só que com melhoras e tudo oq vc queria fazer no 1 e não podia. Já o 2 eles estavam testando, como nesse, novos modos de modelar personagens. Mas todo vez que eles conseguem fazer algo ultra legal que não havia no jogo, eles retiram outra funcionalidade.

    Mas ainda tem tempo deles lançarem várias expansões. No 3 a maioria não mudava quase nada no jogo mas no 2 acho que todas as expansões acrescentava uma funcionalidade nova de interação. Será que no 4 vai ocorrer o mesmo?

    ResponderExcluir
  5. Eu jogo the sims desde 1. Não posso dizer que consegui dominar tudo em todas as versões dele, mas o 3 eu lembro de ter achado extremamente parecido com o objetivo do 1 só que com melhoras e tudo oq vc queria fazer no 1 e não podia. Já o 2 eles estavam testando, como nesse, novos modos de modelar personagens. Mas todo vez que eles conseguem fazer algo ultra legal que não havia no jogo, eles retiram outra funcionalidade.

    Mas ainda tem tempo deles lançarem várias expansões. No 3 a maioria não mudava quase nada no jogo mas no 2 acho que todas as expansões acrescentava uma funcionalidade nova de interação. Será que no 4 vai ocorrer o mesmo?

    ResponderExcluir
  6. Eu espero que sim, que as expansões acrescentem (ou devolvam) funcionalidades novas/antigas melhoradas (quero os carros de volta, quero fazer amigos no trabalho ;__;). Porque o jogo me pareceu ter um potencial que não foi bem explorado.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.