Ela foi até o fim, de Meg Cabot

Ela foi até o fim foi o primeiro livro da Meg Cabot que eu li. Escolhi levando em conta as opiniões super positivas que eu vi acerca do livro em diversos blogs e achei que iria começar a ler essa autora com o pé direito. Foi a maior decepção da minha vida literária. Por isso aviso, se você é um fã doente da Meg Cabot não continue a ler essa resenha.

Em Ela foi até o fim, temos Lou Calabrese, roteirista de sucesso que havia sido abandonada pelo namorado de longa data, após escrever para ele um filme que, além de ganhar diversos oscars, o ajudou a deslanchar na carreira de ator. A caminho do Alaska, onde seu novo roteiro estava sendo filmado, ela se vê obrigada a ir no mesmo helicóptero que o ator Jack Townsend, a quem ela odiava por ter mudado uma fala no primeiro filme dela em que atuou (é sempre divertido até que alguém se machuca por preciso de uma arma maior). Mas o pior acontece, o piloto do helicóptero tenta assassinar Jack e eles sofrem um acidente no meio da neve. A partir daí... bom a partir daí eu me arrastei na leitura de um jeito triste...


O fato da história do livro se apoiar em um velho clichê, duas pessoas que se odeiam, isoladas do mundo e fugindo de um perigo, não me incomodou nem um pouco, porque na verdade já li/assisti histórias que também se apoiavam nisso e eram realmente divertidas. O problema foi que, primeiro, a protagonista não me cativou. Na verdade eu achei Lou muito chata, daquele tipo que quer sempre dominar a situação mesmo que não saiba coisa nenhuma do que esteja fazendo. Sabe, quer sempre dar a última palavra e consegue fazer isso na base de chatear o próximo. E ela também era muito azeda. Azeda por falta daquilo mesmo me pareceu, porque depois que Jack spoilleróbvioaqui com ela, Lou vira outra pessoa, até bem simpática. Se na vida real já acho esse tipo de gente um saco, na literatura não foi diferente.
Segundo, o mistério sobre quem quer matar Jack Townsend não é bem explorado. Na verdade, percebi quem estava por trás de tudo antes mesmo de chegar à metade do livro. A autora dá a entender que esse é um grande mistério do livro, mas não escondeu ele direito. Argh.
Terceiro... Lou Calabrese de novo. Porque as mocinhas são inteligentes a história inteira e quando precisam ser inteligentes elas ficam burras? E que idiotice foi aquela de se recusar a arrombar uma casa quentinha e bem protegida do frio, quando ela mal sentia as pernas congeladas simplesmente porque era errado?? Argh!
Quarto. Furos. Como o que a atriz histérica, tentando reconquistar Jack, foi fazer no andar em que Lou estava hospedada no hotel, se era óbvio que ela estava indo se encontrar com ele, hospedado dois andares acima? ARGH!

Enfim, não gostei do livro. Ele não é ruim de todo, mas o tanto de bom dele não foi o suficiente para mim. Talvez apenas tenha gerado muita expectativa em cima da autora, porque sei que muita gente é fã e a adora, mas só sei que acabei não tendo uma boa primeira impressão...

Em todo caso, ainda aceito sugestões de outros livros dela. Afinal não sou adepta do "a primeira impressão é a que fica" e sempre acho que se o primeiro passo foi como pé esquerdo, a menos que eu seja um saci, o segundo passo sempre vai ser direito XP (ok, essa foi péssima).

Mais informações:





Nome: Ela foi até o fim
Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501082671
Número de Páginas: 400

Web:
Site oficial da escritora Meg Cabot
Editora Galera Record
Ela foi até o fim no Skoob
Ela foi até o fim no O Livreiro

Comentários

  1. Ainda não li esse livro, e até hoje nenhum livro da Meg me decepcionou, mas personagens como a Lou é de dar nos nervos mesmo rs. Ela estava precisando desse momento "relaxante" pra se dar conta das coisas boas da vida rs. Personagens assim, são bem chatas, e é a primeira da Meg que vejo assim, chata, nervosinha com tudo. E as outras que li são bem divertidas... Essa Lou por divertida, acho que não tem nada. rs

    Dê uma chance pra Tamanho 42 não é gorda (como vc disse na minha resenha ^^) e A Rainha da Fofoca. Não são livros assim "UAU", mas no seu estilo vão bem, e eu gosto muito, pois são divertidos e fazem a gente babar pelos mocinhos ;D (E A Rainha da Fofoca tá na minha lista de favoritos :P)

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li esse livro, e até hoje nenhum livro da Meg me decepcionou, mas personagens como a Lou é de dar nos nervos mesmo rs. Ela estava precisando desse momento "relaxante" pra se dar conta das coisas boas da vida rs. Personagens assim, são bem chatas, e é a primeira da Meg que vejo assim, chata, nervosinha com tudo. E as outras que li são bem divertidas... Essa Lou por divertida, acho que não tem nada. rs

    Dê uma chance pra Tamanho 42 não é gorda (como vc disse na minha resenha ^^) e A Rainha da Fofoca. Não são livros assim "UAU", mas no seu estilo vão bem, e eu gosto muito, pois são divertidos e fazem a gente babar pelos mocinhos ;D (E A Rainha da Fofoca tá na minha lista de favoritos :P)

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ler esse livro! Li dois capítulos por enquanto. Mas não to com uma expectativa mt grande não, até pq quando é livro adulto da Meg eu não sei o que pensar.

    Mas eu recomendo a melhor série dela: A Mediadora. Eu amo esses livros.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei a ler esse livro! Li dois capítulos por enquanto. Mas não to com uma expectativa mt grande não, até pq quando é livro adulto da Meg eu não sei o que pensar.

    Mas eu recomendo a melhor série dela: A Mediadora. Eu amo esses livros.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelas dicas meninas! Vou tentar esses livros/séries que me indicaram ^^v

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho esse livro dela, maiS ainda não li! Mas gosto do estilo da Meg, mas meu favorito dela é A mediadora! Uma série de livros de romance paranormal! Muitoo bom!

    ResponderExcluir
  7. gosto muito da Meg! comprei esse livro pela internet e só estou esperando chegar pra ler.
    ai resolvi ser sua resenha...
    poxa, porque voce soltou tanto spoiller? fiquei chateada... nao poderia ter feito uma resenha sem soltar quase o livro todo? :s

    ResponderExcluir
  8. gosto muito da Meg! comprei esse livro pela internet e só estou esperando chegar pra ler.
    ai resolvi ser sua resenha...
    poxa, porque voce soltou tanto spoiller? fiquei chateada... nao poderia ter feito uma resenha sem soltar quase o livro todo? :s

    ResponderExcluir
  9. Spoiller? Onde? Essa meia dúzia de coisas que escrevi não entrega nada que seja importante ou surpreendente na história, nem qualquer outra coisa que você já não vai ficar sabendo (ou vai conseguir deduzir) logo nas primeiras páginas.
    A história é simples, linear e sem grandes reviravoltas, mas acho que o que eu escrevi não entrega nem de longe 10% do que você vai encontrar no livro. Relaxa.

    ResponderExcluir
  10. Spoiller? Onde? Essa meia dúzia de coisas que escrevi não entrega nada que seja importante ou surpreendente na história, nem qualquer outra coisa que você já não vai ficar sabendo (ou vai conseguir deduzir) logo nas primeiras páginas.
    A história é simples, linear e sem grandes reviravoltas, mas acho que o que eu escrevi não entrega nem de longe 10% do que você vai encontrar no livro. Relaxa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário