Papo sobre fanfics.

Todo mundo que me conhece sabe o quanto eu sou uma enrolona nos meus fanfics. Falo, falo, falo mas escrever que é bom, nada :P
Quem já leu meus textos dá graças a Deus, claro, mas sempre fica aquela frustação de ter tantas idéias e nenhuma delas sair da minha mente para o papel.
Seja qual for o motivo, falta de tempo, necessidade de pesquisa (eu morri pesquisando para meu fic de CDZ e ainda acho que não é suficiente) e até mesmo vergonha, hehehe, eu acabo adiando meus fanfics por tempo indeterminado. Às vezes até para sempre...
Mas eu não deixo de pensar nesses fanfics, nem de bolar novas estórias, novas situações e novos fins para elas (nesses 3 quesitos, Weiss Kreuz e Darkover são os campeões) e às vezes as idéias são tantas que eu chego ao cúmulo de sonhar com esses fanfics XD
Ontem e antes de antes de ontem eu sonhei com Star Wars. Tudo por causa de um fanfic que eu estou me coçando para escrever mas não escrevo pq tenho medo que todo mundo ache ruim ou coisa de quem não entende nada de SW (e olha que eu não me considero nenhuma leiga no universo SW, mas sei lá...)

Eu penso às vezes que eu sou uma bocó por me importar tanto com a opinião alheia mas quem é que não se importa? Me mostrem um que não se importe nada e eu como meu chapéu (eu sei, não tenho nenhum mesmo :P)

Será que isso é besteira da minha parte? Ninguém nunca se sentiu inseguro escrevendo um fanfic? Nunca sentiu medo de escrever um amontoado de bobagens e passar vergonha?...

???

5 comentários:

  1. Agora imagine passar por isso não com um fanfic mas com um projeto de graduação ¬¬

    ResponderExcluir
  2. Noooossa, nem me fale! >_<
    Deve ser 1000000000 pior!

    ResponderExcluir
  3. *Levanta a mão timidamente*

    Acho que nem preciso dizer que também sou assim. XD
    Mas acho que a minha insegurança vem mais do fato da minha dificuldade de arranjar uma boa fonte de conflito. Claro, eu poderia simplesmente colocar um vilão bidimensional que simplesmente quer destruir o mundo por nenhum motivo. Mas eu não consigo. Eu odeio vilões desse tipo. Imagine se o herói pergunta por que ele está fazendo isso. Qual seria a resposta? "Hã... Eu estou fazendo isso porque... porque sim, ué. Agora deixa eu tentar te matar para você fazer um milagre qualquer e salvar o mundo". Isso não me parece muito plausível. >_>
    Outro motivo é porque tive algumas experiências ruins no passado. O que resultou numa obsessão em buscar motivos razoáveis para TUDO no fic. Desde a motivação do vilão até os motivos dos heróis sairem das suas vidas confortáveis para enfrentar o perigo. Tá, isso ajuda a fazer uma história mais legal mas às vezes sinto que estou exagerando. >__<
    BTW, não sei se você sabe mas o MADS também joga Neopets. :x

    Alexandre

    ResponderExcluir
  4. Re: *Levanta a mão timidamente*

    Essa de buscar motivos eu conheço! XD
    Eu tb nunca crio um personagem ou um vilão que não tenha uma (bem) extensa estória por trás de cada ato seu. Eu não acho que isso seja exagerado, acho que dá mais veracidade ao personagem, deixa ele mais real.
    Mas o problema não é tanto pelas idéias, que eu tenho até demais >_

    ResponderExcluir
  5. Re: *Levanta a mão timidamente*

    Sim, se for personagem importante também não acho exagerado. Só acho exagerado quando começa a se pensar até na infância para um personagem não tão importante assim. Isso antes de sequer começar a escrever.
    Ah, sim... Entendo isso perfeitamente. Os meus jogadores do PbEM são testemunhas do quanto posso ser chato nessa parte. Alguns acham até exagero. XD
    Talvez algo que possa te ajudar é pensar "Esse é um universo alternativo. Então algumas coisas podem ser diferentes." Aí isso não te paraliza tanto. Claro, sempre vai ter aquele chato que acha que sabe tudo para criticar. Mas nem vale a pena se estressar por causa desses caras. Mesmo porque às vezes parecem que eles fazem isso apenas para arranjar confusão...
    Só jogou 2 vezes? O_O;;;
    Então é melhor jogar um pouco mais antes de tentar mestrar. Assim você já vai ter um grupo que você conhece bem, sabe mais ou menos o que cada um gosta e pode até pedir umas dicas para a pessoa que estava mestrando. O único problema fica em arranjar um grupo legal para se jogar. @_@
    Ok. Só avisando para o caso de você não souber e tenha interesse em trocar informações com outro jogador.

    Alexandre

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.