No Christmas for you o.Ó

A razão desse post são as inúmeras mensagens e historinhas que surgem na época do Natal que tem por tema unicamente o 'resgate dos verdadeiros valores do Natal'.
Pregam com palavras cheias de emoção, que o Natal consumista deve ser deixado de lado, que devemos ensinar aos nossos filhos que a razão de essa data existir é a comemoração do nascimento de Jesus (de quem aliás, a maioria só se lembra nessa época do ano) e não a vinda do Papai Noel, esse símbolo consumista e maligno criado exclusivamente para levar as pessoas à loucura nas idas às compras natalinas.
Todas essas idéias vêem disfarçadas em historinhas de fundo moral, a maoiria beirando a pieguice (ou já boiando nela :P) ou então em discursos inflamados do tipo 'na minha infância não era assim e blablabla' e coisas do gênero.

Eu detesto essas mensagens.

É engraçado ver que tanta gente se revolta com o fato de o Natal ter se transformado em uma festa consumista e vazia mas que não levanta um dedo para mudar isso. Não adianta entupir as caixas de entrada de seus amigos com essas mensagenzinhas tão lindas, tão verdadeiras ('nossa, quem escreveu isso realmente tem razão!') se no instante seguinte já está indo para o shopping se matar para comprar os trocentos presentes da lista de compras, ou então estará indo ao mercado comprar os ingredientes da ceia e lá vai atropelar todo mundo com seu carrinho, xingar a caixa do supermercado que está sem troco, vai avançar com o carro em cima do pedestre pq tem pressa.
Uma mensagem por mais bonita que seja não tem valor algum se quem a escrever ou ler e repassar não tiver nenhuma ação que apóie esse texto, que mostre que concorda com o que o texto está propondo e que está disposto a quebrar a tradição de tantos anos para pôr em prática o verdadeiro espírito natalino.
As pessoas são muito corajosas na hora de propôr mudanças mas nem pensar em elas mesmas começarem essas mudanças. Elas preferem esperar para ver se é seguro ou não. Se alguém vai quebrar a cara tentando mudar alguma coisa, que não sejam elas...

Eu acho que está na hora de deixarmos de lado essas mensagens tão lindas e vazias e começar a pensar um pouquinho mais pela nossa própria cabeça. Colocar Tico e Teco para funcionar.
Decidir o que queremos para o nosso Natal e colocar em prática o que resolvermos. Mesmo que ninguém mais concorde, mesmo que façamos sozinho um Natal diferente, pelo menos a pessoa mais importante para nós estará satifeita: nós mesmos!

Um comentário:

  1. Também não é pra tanto. Acontece que ninguém hoje em dia realmente PRESTA. Sério mesmo. Acho que se as pessoas se preocupassem com as suas ideologias... MAs é tudo tão assim, só pra deixar lá uma bandeira. 'Sou comunista', 'sou cristão'. Que diferença faz? Agem igual! É, eu concordo com você, se alguém quer que alguma coisa mude, que comece por mudá-la em sí mesmo.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.