Pine - Visita à Usina Hidrelétrica

Quinta-feira (dia 12) foi dia de fazer visita à usina hidrelétrica Parigot de Souza, como parte de um programa de integração dos novos funcionários da Copel. Eu estava morrendo de vontade de conhecer uma usina hidrelétrica, e por isso, mesmo tendo que acordar às cinco horas da manhã, estava super empolgada com esse passeio.

O que se salvou na viagem foi sem dúvida a paisagem. Montanhólatra como só eu consigo ser, me esbaldei toda com a vista e fotografei as montanhas feito louca (pena que não coube muita foto na memória da câmera, snif!). Para chegar na Usina Parigot de Souza, tem que passar por um túnel escavado na pedra (o.o), pq a usina é toda subterrânea. Daí já viu: sem reservatório para ver, sem comportas jorrando água (mesmo que o povo diga que isso é água desperdiçada, é bonito de ver :P) e ainda por cima, o barulho dentro da usina é alto demais. Eu não consegui ouvir nada que o cara que nos guiou lá por dentro disse. Me limitei a fotografar as máquinas que achei interessante. Nem sei dizer direito o que é o quê.... Vou ter que descobrir sozinha ¬_¬.
Ah é... a visita na usina não durou nem meia hora. Dá para acreditar, passamos mais tempo no ônibus que na usina. Argh! ò_ó

Depois de saírmos da Usina, fomos para Morretes e lá eu comi o famoso Barreado..... me perdoem, mas que troço mais sem graça!!!!! Eu gostei mais do peixinho frito que serviram que do Barreado ¬_¬' Não deu para ver muito de Morretes (exceto que eu achei fabulosa a idéia de morar numa cidade onde para o lado que se olha tem montanhas magavilhosas O.O). Eu já estou fazendo planos de voltar a Morretes com mais calma (carregando minha mãe junto, ela é outra montanhólatra ^_^) e passar pela Graciosa também. O único problema é que eu não faço a menor idéia de qdo vou ter tempo (e $$$) para isso, hehehehe ^^'

Fotinhos: (só algumas, o resto vem mais tarde - talvez XD)








Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.